Avançar para conteúdo principal

Sobre a U.Porto - Igualdade, Inclusão e Diversidade

O compromisso da U.Porto com a igualdade, inclusão e reconhecimento da diversidade é contínuo. Trabalhamos de perto com a comunidade para promover estes valores humanos essenciais.

Ancorado à aposta da Universidade numa investigação e educação de excelência, advém o compromisso da U.Porto para com a igualdade, inclusão e reconhecimento da diversidade em todas as suas vertentes de ação. É nesse âmbito que a Universidade tem vindo a assumir um papel ativo na efetiva promoção e implementação de iniciativas em prol da igualdade de género no meio académico e científico.

São várias as estruturas, iniciativas e os programas da Universidade que têm como objetivo a promoção dos direitos de igualdade, inclusão e diversidade:

O NAI é um instrumento essencial da U.Porto no seu trabalho de reconhecimento e valorização da diferença, assim como na promoção da justiça e equidade no acesso de pessoas com necessidades educativas especiais.

As especificidades do meio académico fazem persistir algumas desigualdades de género que importa ultrapassar. O primeiro passo nessa direção passa por reconhecer a existência e a dimensão das desigualdades de género para, a partir daí, podermos identificar domínios de ação e definir metas de concretização. O projeto GIA.UP, lançado em 2020, corporizou o primeiro exercício que a U.Porto desenvolveu para se autoconhecer, enquanto organização, em matéria de desigualdade de género, tendo por isso um valor instrumental muito importante e simbolicamente assinalando o reconhecimento da importância do tema para o desenvolvimento estratégico da Universidade. Os principais resultados e conclusões derivados do projeto GIA.UP podem ser consultados no seu Relatório Final e na sua Infografia.

O projeto RESET tem como objetivo colocar a igualdade de género e a diversidade no centro da decisão política aos níveis académico e científico. A U.Porto é uma das entidades parceiras deste projeto financiado pelo Horizonte 2020 (ref. 101006560) e promovido por 7 universidades europeias. Através da visão do RESET, a U.Porto encara a igualdade de género como uma perspetiva centrada na pessoa, de igualdade e diversidade, respeitando uma abordagem interseccional. A partir de 2021 e durante os quatro anos seguintes, a U.Porto, em conjunto com as universidades parceiras, tem vindo a desenvolver e implementar um conjunto de ações que envolvem todos os ecossistemas institucionais (estudantes, faculdades, administração, direção).

Plano para a Igualdade de Género da U.Porto

No âmbito do seu compromisso para com a igualdade de género, a U.Porto elaborou e aprovou o primeiro Plano para a Igualdade de Género - UP Igualdade. Este plano constitui um instrumento estratégico que estabelece as prioridades e os objetivos da Universidade com vista à integração da perspetiva de género na estrutura da instituição, bem como nas suas esferas de atuação, isto é, na produção (conteúdos de investigação) e na transferência (ensino) do conhecimento.

O Conselho para a Igualdade de Género da U.Porto é a principal estrutura transversal que acompanha e oferece suporte em matérias relacionadas com o compromisso e ação da Universidade com vista à implementação do Plano para a Igualdade de Género.