N.º 65 (2023): Escola Pública e Justiça em Educação: Um lugar democrático para a transformação

					Ver N.º 65 (2023): Escola Pública e Justiça em Educação: Um lugar democrático para a transformação

Organizadora e Organizador Convidada/o:

Fátima Pereira, Centro de Investigação e Intervenção Educativas, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, Portugal.
José Ignacio Rivas Flores, Instituto de Investigación en Formación de Profesionales de la Educación, Departamento de Didáctica y Organización Escolar, Universidad de Málaga, España.

A Escola Pública, nestes tempos de avanço neoliberal e de deriva neoconservadora, encontra-se numa situação complexa que exige uma ação decisiva, quer das políticas públicas, quer de uma reflexão profunda sobre as suas raízes epistemológicas, ideológicas e políticas. O atual jogo de hegemonias, desde a económica à cultural, passando pela ideológica, está a pôr em causa a Escola Pública como instituição de um sistema democrático orientado para a diversidade, o respeito, a equidade e a emancipação. O foco é colocado numa falsa ideia de liberdade, baseada na regra da individualidade, que se traduz no aumento da comercialização da educação, na luta pela excelência excludente e na qualidade segregadora.

Publicado: 2023-07-26