Figura Eminente U.Porto 2023-24

Ana Luísa Amaral

Particularmente conhecida pela sua obra poética, Ana Luísa Amaral (1956-2022) foi escritora, tradutora, investigadora e professora universitária de Literatura. Os seus livros foram traduzidos e publicados em diversos países e a qualidade da sua obra premiada nacional e internacionalmente.  Nas suas aulas inspiradoras, onde recitava poemas de cor, os seus estudantes aprenderam a amar a poesia.

PROGRAMA DAS COMEMORAÇÕES

Sessão de Abertura

22 de setembro de 2023, 18h00

Casa dos Livros

Lançamento de publicação

Revista PÁ – Poesia & Outras Artes

Por ocasião da Noite das Ideias

23 de setembro de 2023, 19h00

Reitoria da Universidade do Porto

Exposição

Queria uma palavra que fosse bússola para todos

Diálogos interartísticos com base na poesia de Ana Luísa Amaral

2 outubro de 2023 a 6 de setembro de 2024

Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Exposição

Infinitas Galáxias

Diálogos interartísticos com base na poesia de Ana Luísa Amaral.

22 de janeiro a 6 de abril de 2024

Reitoria da Universidade do Porto

Recital

Piano e poesia

Álvaro Teixeira Lopes, piano

Isaque Ferreira e Emília Silvestre, palavra

4 de abril de 2024, 18h30

Casa Comum, Reitoria da Universidade do Porto

Congresso

Um poema, ou uma emoção. Ler Ana Luísa Amaral

4 e 5 de abril de 2024

Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Espetáculo

Homenagem do Núcleo de Etnografia e Folclore da U.Porto (NEFUP) a Ana Luísa Amaral

11 de julho de 2024 | 21h30

Pátio do Museu de História Natural e da Ciência da U.Porto

Exposição

Trabalhos da revista – Poesia & Outras Artes

Data e local a indicar

Sessão de encerramento das comemorações

Conferência de Maria Irene Ramalho: A dimensão cívica, feminista, poética, científica e docente de Ana Luísa Amaral

6 de setembro de 2024, 18h00

Reitoria da Universidade do Porto

As comemorações da Figura Eminente U.Porto 2024 são organizadas pela Faculdade de Letras e pela Reitoria da Universidade do Porto.

Curadores

Fátima Vieira
Fátima Outeirinho

Comissão Consultiva

Paula Pinto Costa
Rui Carvalho Homem
Maria Irene Ramalho
Ana Gabriela Macedo
Marinela Freitas

 

Ana Luísa Amaral 
 
– breve biografia

A escritora Ana Luísa Amaral (1956-2022) foi professora de Literatura e Cultura Inglesa e Americana no Departamento de Estudos Anglo-Americanos da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Nas suas aulas inspiradoras, onde recitava poemas de cor, os seus estudantes aprenderam a amar a poesia. Foi também investigadora e membro da Direção do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa (ILCML/FLUP). As suas áreas de investigação eram Poéticas Comparadas, Estudos Feministas e Estudos Queer.

Entre muitas outras iniciativas, coordenou o projeto internacional (financiado pela FCT) Novas Cartas Portuguesas: 40 Anos Depois, que envolveu 13 equipas internacionais.

A qualidade da investigação que desenvolveu valeu-lhe o Prémio Ensaio Jacinto Prado Coelho 2018 (por Arder a Palavra e Outros Incêndios), bem como a Medalha de Mérito Científico 2022 do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Desenvolveu ainda relevante atividade enquanto tradutora, vertendo para português a poesia de escritores tão importantes como William Shakespeare, Emily Dickinson, John Updike, Louise Glück e Margaret Atwood.

Deixou uma vasta obra literária, que inclui dezoito livros de poemas (e dois livros de poesia reunida), doze títulos de literatura infantil, uma peça de teatro e uma novela. O reconhecimento internacional da sua obra traduziu-se em múltiplas traduções de livros seus para línguas estrangeiras e subsequente publicação em países de todo o mundo: Alemanha, Brasil, Colômbia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, França, Holanda, Itália, México, Reino Unido, Suécia, Venezuela e Hong Kong.

Foram-lhe atribuídos 14 prémios nacionais e internacionais, de que se destacam o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, com o livro Entre Dois Rios e Outras Noites (2008), o Prémio de poesia italiano Giuseppe Acerbi, com o livro A Génese do Amor (2008), o prémio literário espanhol Leteo (2020), o Prémio Livro do Ano de Poesia do Grémio de Livrarias de Madrid, com What’s in a Name (2020), o Prémio Virgílio Ferreira, atribuído pela Universidade de Évora (2021), e o Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-americana (2021). Em 2022, a Asociación de Escritoras e Escritores en Lingua Galega nomeou Ana Luísa Amaral “Escritora Galega Universal”.

– bibliografia

Minha senhora de quê (poesia), 1990
Coisas de partir (poesia), 1993
Epopeias (poesia), 1994
E muitos os caminhos (poesia), 1995
Às vezes o paraíso (poesia), 1998
Gaspar, o dedo diferente e outras histórias (literatura infantil), 1999
A história da aranha Leopoldina (literatura infantil), 2000
Imagens (poesia), 2000
Imagias (poesia), 2002
A arte de ser tigre (poesia), 2003
A génese do amor (poesia), 2005
Dicionário da crítica feminista (dicionário) (em colaboração com Ana Gabriela Macedo), 2005
Poesia reunida 1990-2005, 2005
Pasos de música, camiños de auga = Passos de música, caminhos de água (literatura infantil), 2006
Entre dois rios e outras noites (poesia), 2007
Se fosse um intervalo (poesia), 2009
Inversos: poesia 1990-2010, 2010
A tempestade (literatura infantil), 2011
Próspero morreu: poema em acto (teatro), 2011
Vozes (poesia), 2011
Ara (romance), 2013
Escuro (poesia), 2014
E todavia (poesia), 2015
Arder a palavra e outros incêndios (ensaios), 2017
Ágora (poesia), 2019
Pela liberdade: respirações (poesia), 2020
What’s in a name (poesia), 2020
Mundo (poesia), 2021
O olhar diagonal das coisas (antologia), 2022

Figura Eminente U.Porto

A Universidade do Porto homenageia anualmente uma figura pública que deixou a sua marca na vida e na cultura da cidade. 
As anteriores figuras eminentes da Universidade do Porto foram:

2003 Abel Salazar
2004 José Marques da Silva
2005 Artur de Magalhães Basto
2006 Augusto Nobre
2007 Manuela Malpique
2007 Stephen Stoer
2008 Emílio Peres
2009 Henrique Pousão
2010  António Ferreira da Silva 
2011   Francisco Gomes Teixeira
2012  Aníbal Cunha
2013  Fernando Távora
2014  Hernâni Bastos Monteiro
2015  Manuel Duarte Baganha
2016  Jorge Ribeiro de Faria
2017  Manuel Correia de Barros Júnior
2018  Óscar Lopes
2019  Paulo Cunha e Silva
2022 Nuno Grande