Que Coisa é o Mundo

Quem somos nós? Seremos apenas um conjunto de átomos e moléculas? E os vírus? São ou não seres vivos? Os números existem ou são imaginários? O nada existe? Existe Deus? Estas são dúvidas que o Presidente de um hipotético país quer ver respondidas assertivamente pela CEC — Comissão de Ensino e Cultura do Senado. O Presidente, que gosta de ser tratado por Mister, está farto da dúvida sistemática e quer certezas vertidas em lei. Ele acredita que o povo também está cansado de dúvidas e hesitações e anseia por políticas dogmáticas que conduzam ao progresso do País. A Comissão é presidida pelo experiente político Lúcio Séneca e integra um filósofo (Tomé Duvidoso), uma cientista (Eugénia Cosmos), uma socióloga (Sensata da Mata), uma poeta-pintora (Arcádia D’Arc) e um sacerdote (Domingos de Deus). Os ilustres senadores não concordam com o absurdo objetivo do Mister. Apesar disso, irão debater, em bem-humoradas abordagens científico-filosóficas, esses e outros assuntos subjacentes às referidas questões — O que é a arte? O que é a vida? Seremos (nós, humanos) uma praga ambiental? As máquinas inteligentes poderão vir a exterminar a vida no planeta? Contudo, os senadores não fornecem as respostas que o Mister ambicionava transformar em lei. E há ainda uma misteriosa secretária, Virgínia Lobo, personagem crucial para um desfecho inesperado.

Detalhes do livro:

Título: Que Coisa é o Mundo
Autor: Manuel João Monte, Sofia Miguens
Preço: 8€ 7.20€
Ano: agosto, 2021
Edição: 1.ª
Editora: U.Porto Press
Coleção: Fora de Série
ISBN-13: 978-989-746-303-7
Dimensões: 210mm x 10mm x 130mm
Número de páginas: 167
Peso: 242g
Língua: Português
Tipo de Capa: Mole
Categoria: , ,

Descrição

Quem somos nós? Seremos apenas um conjunto de átomos e moléculas? E os vírus? São ou não seres vivos? Os números existem ou são imaginários? O nada existe? Existe Deus? Estas são dúvidas que o Presidente de um hipotético país quer ver respondidas assertivamente pela CEC — Comissão de Ensino e Cultura do Senado. O Presidente, que gosta de ser tratado por Mister, está farto da dúvida sistemática e quer certezas vertidas em lei. Ele acredita que o povo também está cansado de dúvidas e hesitações e anseia por políticas dogmáticas que conduzam ao progresso do País. A Comissão é presidida pelo experiente político Lúcio Séneca e integra um filósofo (Tomé Duvidoso), uma cientista (Eugénia Cosmos), uma socióloga (Sensata da Mata), uma poeta-pintora (Arcádia D’Arc) e um sacerdote (Domingos de Deus). Os ilustres senadores não concordam com o absurdo objetivo do Mister. Apesar disso, irão debater, em bem-humoradas abordagens científico-filosóficas, esses e outros assuntos subjacentes às referidas questões — O que é a arte? O que é a vida? Seremos (nós, humanos) uma praga ambiental? As máquinas inteligentes poderão vir a exterminar a vida no planeta? Contudo, os senadores não fornecem as respostas que o Mister ambicionava transformar em lei. E há ainda uma misteriosa secretária, Virgínia Lobo, personagem crucial para um desfecho inesperado.

Manuel João Monte e Sofia Miguens

 

Sou, sempre fui, apologista da interdisciplinaridade — é nas fronteiras entre disciplinas que surgem as questões mais in­teressantes e os maiores desafios. O mesmo acontece em Que coisa é o Mundo, o resultado de um curioso confronto de ideias entre um químico e uma filósofa, mais interessante ainda, em formato de peça de teatro.

Teresa Lago