Avançar para conteúdo principal

UP.PT - Faculdade de Medicina

NeuroTOX: da teoria à pratica de biomarcadores de neurotoxicidade

Tem sido verificado que vários xenobióticos ambientais e ocupacionais apresentam características inerentes de neurotoxicidade que podem ser irreversíveis. Acrescente-se que as doenças neurodegenerativas têm vindo a crescer exponencialmente nas últimas décadas, demonstrando um grande impacto social e económico. Esses deficits cognitivos podem ser também resultado da exposição a vários xenobióticos ocupacionais ou ambientais que propiciam a neurotoxicidade em humanos.
É crucial permitir a novos grupos profissionais a compreensão de mecanismos e consequências da neurotoxicidade alertando diferentes intervenientes, quer a nível de ciência básica, quer a nível não científico, e munir os participantes de conhecimentos sobre os mecanismos e consequências dessa exposição.

Saídas Profissionais

Desenvolver a capacidade de conceber, planear e implementar um trabalho laboratorial, promovendo o trabalho colaborativo que potencie a complementaridade de conhecimentos e competências;
Desenvolver (e/ou aprofundar) competências de trabalho laboratorial no contexto das questões em estudo;
Estimular as competências que promovam o projeto de grupo perante diferentes públicos alvo, nomeadamente pelos seus pares, mas também pela comunidade não científica.

Entidades Financiadoras

Logo da Unidade Organica
Onde
Faculdade de Medicina
Tipo de Curso
Unidade de Formação Contínua
Duração
81 Horas / 3.0 ECTS
Vagas
10