Voltar a Artigos

Recomendações da Task-force da U.Porto

O Decreto n.º 3-C/2021 de 22 de janeiro, que determina a suspensão das atividades letivas e não letivas presenciais das instituições de ensino superior, exceciona a realização das épocas de avaliação em curso.

A Task-force da U.Porto para a COVID-19, ciente de que as atividades nas instalações da U.Porto se desenrolam de acordo com todas as regras sanitárias em vigor e não constituem risco adicional de contágio, comprovado pelo facto de não ter surgido nenhum surto na U.Porto desde o início do ano letivo e não se estar a verificar um aumento do número de casos na comunidade académica em paralelo com o aumento verificado na sociedade em geral, apela a que todos os membros da comunidade académica saibam interpretar o momento particularmente difícil que o País atravessa reforçando os comportamentos indispensáveis à salvaguarda da saúde individual e coletiva.

Assim, recomenda-se aos estudantes que venham a realizar avaliações presenciais neste período que:

em caso de sintomatologia, ainda que ligeira, indicativa de infeção respiratória se abstenham de realizar a avaliação, informando a direção de curso e/ou o regente da unidade curricular;

– as deslocações se restrinjam ao estritamente necessário entre o local de residência e o local da avaliação;

– as deslocações em transportes públicos sejam realizadas, sempre que possível, fora das horas de maior afluência;

– a utilização da máscara seja permanente;

– seja assegurado o distanciamento físico em todas as ocasiões, prestando particular atenção à entrada e saída das avaliações de modo a evitar os ajuntamentos de pessoas;

– promovam a desinfeção regular das mãos, e sempre antes de entrar e após sair dos locais de avaliação;

– não consumam qualquer tipo de alimento na companhia de outras pessoas sem o distanciamento físico adequado.

Só com a colaboração de todos conseguiremos manter a Universidade do Porto como um local seguro!

Partilhar

Voltar a Artigos