Voltar a Artigos

Atividades letivas no segundo semestre de 2020/21

Reproduzimos aqui a mensagem enviada pelo Reitor da Universidade do Porto à comunidade académica, a propósito das atividades letivas no segundo semestre do ano letivo 2020/2021.

Caras e caros membros da Comunidade Académica,

O Conselho de Diretores de Faculdades da Universidade do Porto decidiu, por unanimidade, determinar desde já que o regime de ensino a distância com que se inicia este 2.º semestre será mantido até ao período da Páscoa. A situação epidemiológica que ainda se vive no país justifica a decisão, que vai ao encontro, aliás, das recomendações e determinações das autoridades de saúde.

Assim, até 4 de abril, as aulas do 2.º semestre continuam a ser lecionadas com recurso exclusivo a meios de ensino a distância, conforme o previsto no Plano de Contingência da Universidade do Porto. As atividades presenciais permanecem cingidas às exceções abertas pela Direção-Geral do Ensino Superior, no quadro das recomendações às instituições científicas e de ensino superior no contexto das medidas extraordinárias do estado de emergência.

Entre as exceções, contam-se o ensino clínico e os estágios, em particular os estágios clínicos, bem como o acesso a laboratórios e infraestruturas científicas para a realização de trabalhos de investigação em curso, nomeadamente teses e dissertações. As bibliotecas, cantinas e residências vão também manter-se operacionais, de forma a garantir o indispensável apoio social a estudantes e colaboradores da Universidade.

Importa ressalvar que, caso haja uma evolução muito favorável da situação epidemiológica do país, poderá ser antecipado o regresso ao ensino presencial nas universidades, em moldes a definir pelas autoridades de saúde e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Por ora, resta-nos reiterar a nossa confiança na dedicação, competência e resiliência da Comunidade Académica da U.Porto, que seguramente continuará a garantir, nas difíceis circunstâncias atuais, as condições pedagógicas e científicas necessárias ao bom funcionamento do ano escolar.

O Reitor da Universidade do Porto,
António de Sousa Pereira

Partilhar

Voltar a Artigos